A origem do croissant

Sabe aquele croissant lindo e delicioso digno de cinema? Há uma história incrível por trás dela e diversas variações que fazem dela uma receita para fazer hoje e uma queridinha gourmet.

Os famosos pães de massa folhada, crocantes a cada mordida, são populares em muitas partes do mundo. Os croissants são feitos com recheios doces ou salgados e têm uma história histórica.

A origem do croissant

Ao contrário do que muitos pensam, o croissant não é de origem francesa, mas sim de origem austríaca na capital Viena em 1683.

O Império Otomano teve origem na Turquia e é considerado um dos impérios mais poderosos do mundo. Eles estão tentando expandir seu território em solo europeu. No entanto, eles encontraram muitas dificuldades para entrar na cidade de Viena.

Como solução, os otomanos começaram a cavar túneis no centro da cidade à noite. No entanto, os padeiros em Viena ficaram acordados a noite toda para preparar o pão recém-assado pela manhã.

O exército turco não tinha esses trabalhadores, e uma noite durante a escavação, os padeiros ouviram barulhos, impedindo o Império de entrar na cidade.

Diz-se que os padeiros receberam algumas recompensas, mas não as aceitaram. Eles só gostariam de ter o direito de criar algo para comemorar a vitória sobre o inimigo.

Depois de dominar várias técnicas, eles tiveram a ideia de fazer uma massa folhada em forma de meia-lua. Assim nasceram os deliciosos croissants. Mais tarde, os vienenses puderam comer este pão enquanto derrotavam o inimigo.

Originalmente, no entanto, o croissant foi chamado de pão vienense e não era conhecido pelos franceses até por volta de 1770. Foi a austríaca Maria Antonieta quem provou esta iguaria, mais tarde rainha dos territórios franceses.

O croissant, do francês, significa “lua crescente” e representa a forma de meia-lua. O nome e a forma foram usados ​​para representar a bandeira dos turcos otomanos, e foi ladeada pela forma da lua e das estrelas.

Características da iguaria

A principal característica do croissant, e seu segredo, é a massa. As dobras que separam uma camada da outra conferem ao croissant uma beleza única.

O croissant deve ter um sabor amanteigado e uma crosta dourada crocante. Suas extremidades devem ficar no meio da massa. Suas migalhas devem ser arejadas e macias. Para isso, é feito com açúcar, farinha, sal, leite, fermento, manteiga e ovos escovados.

Existem atualmente vários tipos de enchimentos, maioritariamente em Portugal. Eles só podem ser recheados com manteiga, no entanto, é comum encontrar croissants recheados com geleia ou até chocolate.

CROISSANT DE QUEIJO

Croissants exigem horas de dedicação, afinal fazer massa folhada é para o Doutor na cozinha. Mas os resultados são incríveis e valem a pena!

Ingredientes e modo de preparo

  • 750 ml de leite
  • 70 g de fermento biológico fresco
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • ¾ de xícara (chá) de manteiga
  • 10 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo

Em uma tigela grande, adicione sal, farinha e açúcar por cima. Adicione a manteiga e bata com as mãos até obter uma farofa.

Adicione o fermento triturado diretamente na massa, ou, se preferir, dissolva no leite. Nota: O leite não pode ser aquecido.
Aos poucos, adicione o leite à massa, pressionando bem com as mãos. Sove a massa até que esteja completamente fora de suas mãos, ou seja, até que fique lisa e uniforme.
 Coloque a massa em uma assadeira grande, cubra com filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos. Enquanto a massa descansa, comece a preparar a base de manteiga.

Base de manteiga

Misture  3 ½ xícaras (chá)  de manteiga com 1 xícara de farinha de trigo até formar um creme liso.

Forre uma assadeira pequena com filme plástico. Adicione o creme ao filme, dentro da assadeira, e espalhe com uma colher. Cubra os cubos de manteiga com filme plástico e coloque na geladeira. Deixe até que a manteiga fique firme.

Recheio e montagem

  • 400 g de muçarela em fatias
  • 1 gema
  • 1 colher (sopa) de leite

Retire a massa da geladeira e retire o filme plástico. Limpe as superfícies limpas e lisas com farinha de trigo.

Abra a massa com um rolo. NOTA: A massa deve ser retangular e ⅓ maior que o tamanho do creme!

Retire o creme, que deve estar firme, da geladeira, descarte o filme plástico e coloque-o sobre a massa. O bloco de manteiga deve ser colocado de uma ponta da massa, ou seja, deve ocupar ⅔ da massa.

Retire a parte da massa que não está coberta pela manteiga e leve-a até o meio do bloco de manteiga. A massa deve ficar por cima da manteiga. Agora puxe a ponta da massa, que contém a manteiga, e coloque-a em cima da massa puxada anteriormente. Desta forma a massa deve ficar em forma de envelope, ⅓ do tamanho original.

Embrulhe a massa em filme plástico novamente e leve à geladeira por 30 minutos. Após 30 minutos, retire a massa da geladeira, retire o filme plástico, polvilhe farinha de trigo na superfície e use um rolo para enrolar a massa no tamanho original do retângulo.

Repita os passos acima, ou seja, pegue uma ponta da massa e pegue metade da massa. Pegue a outra extremidade da massa e coloque-a sobre a massa que foi trazida para o meio. Em outras palavras, a massa deve estar em forma de envelope novamente, e 1/3 do tamanho original

merlin 184841898 ccc8fb62 ee41 44e8 9ddf b95b198b88db articleLarge

Retire a parte da massa que não está coberta pela manteiga e leve-a até o meio do bloco de manteiga. A massa deve ficar por cima da manteiga. Agora puxe a ponta da massa, que contém a manteiga, e coloque-a em cima da massa puxada anteriormente. Desta forma a massa deve ficar em forma de envelope, ⅓ do tamanho original.

Embrulhe a massa novamente e coloque na geladeira. Deixe descansar por 30 minutos e repita todo o processo mais 3 vezes. No geral, a massa deve estar com 50% de desconto.

Pré-aqueça o forno a 180ºC (temperatura média).

Após 5 dobras, recorte o envelope com cerca de 15 cm de comprimento.

Abra a massa com um rolo para deixá-la fina (cerca de 0,5 cm de espessura). A massa deve ter cerca de (60X15cm). Recorte cerca de 6 triângulos com uma base de cerca de 10 cm e uma altura de cerca de 15 cm.

Coloque uma fatia de queijo em cada triângulo. Coloque a fatia mais próxima da parte inferior do triângulo. Enrole o croissant começando por baixo. Segure as pontas dos croissants e levante-os suavemente para que formem um arco.

Se quiser fazer mais croissants, repita o processo a partir do passo 9.

Coloque os croissants em uma assadeira untada com manteiga e farinha de trigo. Deixe alguma distância entre os croissants.

Em um recipiente, coloque as gemas e o leite. Misture bem e use um pincel para espalhar a mistura sobre a superfície do croissant. Deixe os croissants crescerem por cerca de 10 minutos antes de colocar no forno.

Asse os croissants no forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos ou até dourar. Retire os croissants do forno e sirva imediatamente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tipos de Dietas

Receba suas receitas por whatsapp