Chocolate: história, tipos, benefícios e características

10

Uma das coisas mais deliciosas já inventadas na história da culinária: o chocolate. E um dos ingredientes mais versáteis também, podendo ir de entrada á prato principal, e, claro, sobremesas. O chocolate é sem dúvidas um tesouro da gastronomia e merece todos os méritos e prazeres. 

Aqui neste post, vamos homenagear essa iguaria simplória e magnifica que vem encantando o mundo há muitos e muitos anos.

Origem do chocolate

Para falarmos da origem do chocolate, temos de trazer a origem de sua fruta: o cacau. Os primeiros pés de cacau vieram da América Latina e parte da América do Sul, há registros que mostram o uso do cacau como bebida há 4500 anos, por um povo chamado Olmecas e pelos maias.

O cacau era tão valorizado que passou a ser usado como moeda, pelos maias, quantidades como 10 favas valiam uma caça pequena e 100 favas era o preço de um bom escravo. 

Origem do chocolate
Trecho do Códice Zouche-Nuttall onde há uma representação de reis da cultura mixteca compartilhando uma bebida de chocolate. Fonte/Reprodução: Wikipédia.

Os astecas eram muito apreciadores da fruta, diz-se que a expansão deles se deu para poder controlar as plantações alheias. O imperador Montezuma tinha no subsolo de seu castelo cerca de 1200 toneladas, servia na maioria para alimentar seus guerreiros que consumiam cerca de 2 mil taças da bebida por dia.

Até meados do século XX, a semente ainda era usada como moeda pelos povos nativos.

De onde veio o nome?

Os maias usavam como uma bebida chamada “xocoatl”, era amarga e grossa, mas era afrodisíaca e mantinha os guerreiros fortes e enérgicos.

Como chegou na Europa?

EM 1502, Cristóvão Colombo avistou algumas canoas no golfo de Honduras, ao abordá-las, ele se deparou com armas, vasilhas e várias das amêndoas de cacau, sementes, notou que eles tinham grande apreço pelo conteúdo, mas ele mesmo não deu muito valor.

Mas em 1519, com a conquista dos espanhóis sobre o império Asteca, Héran Cortês, descobriram a sua real utilização: uma bebida fria e amarga, nada que combinasse com o gosto europeu da época. Adicionaram então açúcar de cana, anis e canela, passando a integrar a dieta do povo. 

O primeiro navio á ir com cacau para a Europa foi em 1585, diretamente para Sevilha. Os espanhóis guardaram o cacau e o chocolate por um século, até que em 1606 chegou á Itália e, posteriormente, na França. Foi então que começou a fazer sucesso por toda a Europa e casas especializadas em chocolate se espalharam pela Europa.

O sucesso do chocolate

O chocolate na Europa começou a aumentar a demanda, então os produtores procuraram plantar em outros países com o clima parecido com o México, de onde se originou, então no século XVII a produção de cacau começou a aumentar vertiginosamente. Além disso, deixou de ser só uma bebida e passou a ser mais usado como doce.

Foi em 1657, em Londres, que abriu a primeira loja de chocolate, seguindo o modelo das lojas de café que já eram famosas na época.  Logo a Inglaterra, França e Holanda começaram a produzir cacau em suas colônias e assim o preço começou a cair, ficando cada vez mais popular, mais acessível.

Em 1765, nos Estados Unidos, surge a primeira fábrica de chocolate, a Baker´s, a inovação estava no meio de produção.

Em 1879, o confeiteiro suíço Daniel Peter, teve a ideia de adoçar o chocolate com leite condensado, invenção do Henri Nestlé, para fazer o chocolate ao leite. Desde então, é o chocolate que a maioria de nós conhecemos hoje em dia.

Marcas mundiais mais famosas

Abaixo, faremos uma lista, em ordem, de alguns dos melhores chocolates do mundo:

  1. Teuscher (Zurique, Suíça);
  2. Vosges Haut-Chocolat (Chicago, Estados Unidos);
  3. Scharffen Berger Chocolate Maker (Berkeley, Estados Unidos);
  4. Jacques Torres Chocolat (Nova York, Estados Unidos);
  5. Valrhona (Tain-l’Hermitage, França).

Durante toda a historia do chocolate, o de melhor do mundo é aquele que você mais gosta.

Chocolate no Brasil

Tudo começou em 1746 quando um francês presenteou um fazendeiro baiano com sementes de cacau, o clima da região favoreceu seu plantio e logo o Brasil estava exportando o cacau.

Em 1981, os irmãos alemães Neugebauer e o sócio Gerhardt fundaram a primeira fábrica de chocolate no Brasil. Em 1912, um suíço abriu uma das fábricas que até hoje encanta todos: a Lacta. Depois:

  • A Kopenhagen abriu em 1928;
  • A Garoto em 1929;
  • Em 1959, a suíça Nestlé começou a fabricar chocolates por aqui.

Todas as marcas nacionais fazem sucesso até hoje, usando de nossa fonte quase inesgotável de água e de nossa riqueza de solo, os produtores de cacau se deram muito bem aqui no Brasil.

A crise da vassoura de bruxa na Bahia

Á partir da segunda metade do século XX, a Bahia se tornou uma produtora massiva de cacau, mais precisamente no sul da Bahia e em Ilhéus. Enriqueceu uma porção generosa de coronéis e fez a população crescer com trabalhadores vindo de todo canto do Brasil. Ter uma terra para plantar cacau, era uma mina de ouro.

Em maio de 1989, começou a se alastrar pelo sul da Bahia uma doença que deixava o cacau cinza e seco, as sementes pretas e amargas. Não demorou muito para que 60% da produção caísse, baixando o preço de forma alarmante e mais de 30 mil fazendas entrassem em falência.

O fungo da vassoura de bruxa já tinha feito estrago na produção do Equador, em 1920. O clima que era ótimo para a planta, também foi ótimo para o fungo fazendo ele se espalhar. Hoje em dia, a produção do cacau segue lutando contra esse fungo por espécies mais resistentes, mas o Brasil ainda não voltou a ser o que era antes.

Tipos de chocolate

Os tipos de chocolate variam de acordo com algumas características, mas há um tipo é diferente de todos: o chocolate me pó.

Tipos de chocolate
Chocolate em pó. Fonte/Reprodução: original.

Ele difere, pois é obtido da moagem da semente do cacau torrado, não há manteiga de cacau nele, pode ser: cacau em pó 100%, meio amargo 50% e doce (não confundir este com o achocolatado em pó). 

Diferenciação por concentração e ingredientes

O chocolate duro é dividido em:

  • Chocolate amargo: feito com sementes de cacau torrados sem adição de açúcares, chamado também de chocolate puro;
  • Chocolate doce: leva na sua produção leite em pó ou leite condensado, o famoso chocolate ao leite;
  • Chocolate branco: uma mistura de manteiga de cacau, leite, açúcar e lectina. O mais novo de todos, desenvolvido no século XX.

O chocolate branco é o único que não tem tantos benefícios como os outros.

Diferenciação por tipo de gordura

De acordo com o tipo de gordura usado na sua produção, existem 3 tipos de chocolate:

  • Nobre: ele é puro, sem adição de outras gorduras. Para trabalhar ele, é preciso fazer a temperagem do chocolate antes de moldá-lo em algo;
  • Hidrogenado: é adicionado gordura hidrogenada, o que facilita de trabalhar, pois não precisa passar pela temperagem;
  • Fraccionado: é feito com a gordura de palma, também não precisa de temperagem e é mais brilhoso.

Lembrando que para cada tipo de preparação, é mais indicado um tipo específico de chocolate.

Benefícios do chocolate

Para os chocolatras de plantão, existem, sim, benefícios encontrados no chocolate.

Vale lembrar que quanto mais amargo (mais concentração de cacau) mais o chocolate trará benefícios, sendo o branco quase nulo de qualquer benefício. O chocolate então:

  • Ajuda na saúde do coração: devido aos fortes antioxidantes, promove uma melhor circulação sanguínea;
  • Ajuda no sistema nervoso central: pois possui uma alta concentração de teobromina;
  • Melhora o humor e bem estar: ajuda na liberação de serotonina;
  • Diminui a pressão alta: pois produz um gás chamado óxido nítrico, que relaxa as artérias;
  • Protege a pele do sol: devido aos flavonoides;
  • Alta sensação de saciedade: ajuda na sensação de uma alimentação completa.

O chocolate não é tão mal quanto dizem por aí, na verdade, se consumido adequadamente, melhora nossa saúde e muito.

Por que animais não podem comer chocolate?

Os animais em geral não podem comer chocolate, pois eles não digerem a teobromina, presente no cacau, o que a torna tóxica para eles.

Para finalizar, chegamos a conclusão que o chocolate é o doce preferido em todo o mundo, não importa onde seja, todos querem dar uma mordida em um bom pedaço de chocolate.

Gostou desse post? Que tal ver mais alguns no mesmo tema.

    Show Comments (10)